Qual é a de Ringer? (Primeiras impressões)




Mais uma série mais ou menos. O Fall Season começou e a primeira bomba relógio já foi acionada? Acho que isso vai depender.

Confesso que Ringer era uma das séries que estava deixando-me mais ansioso nesse Fall Season. A sinopse é interessante, o trailer foi empolgante e as imagens promocionais, idem. Estrelada por Sarah Michelle Gellar, (a eterna Buffy) e com bons atores no elenco. Um deles é Nestor Carbonell, o Richard Alpert de Lost e que ainda continua sem envelhecer, é Victor, um agente do FBI com a missão de proteger Bridget até o Ioan Gruffudd também está no elenco. Ficou famoso no filme "Quarteto Fantástico" e em Ringer, interpreta o marido de Siobhan (Sarah).

Apresentações feitas, precisávamos assistir a série e conhecer mais os personagens, tramas e sub-tramas, efeitos visuais e entre outros. Após 40 minutos do piloto, não cheguei a empolgar. Não considero um desastre, mas esteve bem abaixo das minhas expectativas. A trama é lenta e cansativa. Vários furos no roteiro. Gira em torno das das gêmeas Bridget e Siobhan.

Bridget precisa fugir da máfia, pois foi testemunha de um assassinato. Depois de muito tempo, reencontra a sua irmã e no desespero de poder ter uma vida normal, ela vê a oportunidade de assumir a sua identidade. Vimos no final que tudo foi uma armação de sua irmã, cujo objetivos principais ainda não foram revelados. No período que acompanhamos, Bridget encontra problemas igualmente complicados na pele da irmã e ao final se depara com Victor.

Não incomodei com os efeitos visuais. Como leigo, achei o Chroma key aceitável. Muitos estão comparando a série com Mulheres de Areia e a Ursupadora. Como não acompanhei nenhuma das duas, acho que saio favorecido nessa questão. Apesar dos pontos negativos que mencionei, pretendo acompanhar um pouco mais a série, principalmente pelos bons atores em questão, mas caso tenha uma trama sustentável e interessante, vai durar, pelo menos para mim, no máximo três episódios. Eu até consigo acompanhar uma série com os problemas mencionados, se tiverem bons atores e uma trama interessante, mas não sei se esse vai ser o caso de Ringer.

O CW que já tem fama de péssimas produções, dessa vez é a menos culpada, pois o piloto é cria da CBS e da ABC, que (talvez) perceberam a bomba que estava que suas mãos e repassou rapidinho. Vai começar a ter fama de inocente agora, senhora CW?
Tecnologia do Blogger.