Pular para o conteúdo principal

Grey's Anatomy: Free Falling/She's Gone S08 E01-02




Nesta fall season cheia de lixo, eis que surge Grey´s como uma luz no fim do túnel para me salvar. 
“Nada será como antes!” 
Depois da finale passada, vimos às conseqüências que tiveram os atos dos nossos queridos médicos do SG. Muita coisa aconteceu em um ritmo frenético, foram 1h24min de pura diversão, entre risos e lágrimas.

Quando o episódio começou, eu já estava no ápice da minha curiosidade. Resolveram fazer uma abordagem nova nesta temporada, seguindo momentos antes do acidente com as vítimas. Fui só eu quem percebeu uma coisa diferente, um ar novo nesta estréia? , sei lá.

Titia Shonda começou a temporada do mesmo ponto que acabou. Derek P da vida com Meredith, por ter adulterado o experimento, e ela cuidando de Zola sozinha, quer dizer, com ajuda de Cristina, que por sinal estavam muito lindas. Novos internos, Teddy feliz como uma criança, Kepner se matando por atenção e o Chef Webber bem misterioso.

Tudo foi muito... Como posso dizer... PERFEITO, está é a palavra que define a première. Confesso que fiquei com um pouco de pena de Kepner, por ser muito educada acabou sendo ignorada por todos. Os personagens ficaram divididos entre, time masculino, com Owen e Derek, do outro lado time feminino, com Cristina e Meredith, apesar de entender o lado de Cristina de não querer ser mãe, vejo a frustração de Owen em relação ao aborto.

Meredith não fez certo adulterando os exames, mas Alex não podia ter feito aquilo, questões morais definem este plot. Bailey não sabe o quanto a amo, acho que até aprendi fazer um sanduíche de café da manhã, agora ela é a manda chuva nos testes clínicos do Chef, e acho que pode sair coisa boa destes ratos.

Callie (linda), Arizona e Eric estavam parecendo os três patetas, com todo respeito, bobos com o lindinho bebê. Avery e little Grey fazem um casal bonito, mas não sei se tem gás pra dar certo. Sloan continua pegando no pé de Jackson sem o menor pudor.

Fiquei nervoso com aquela cena do marido amputando a perna da esposa. Tudo se encaixou as situações pessoais/sentimentais dos médicos e pacientes. Teddy foi muito chata, controlou Cristina e deu uma de “Desperate Housewaive”, tivemos também toda aquela história de Gunther, que por sinal gostei muito. Achei que Cristina fosse tomar controle da situação, mas na correria aplicou adrenalina em Alex, que de médico virou paciente.

Karev falou bonito com Cristina, “Vocês são tudo que tenho”, pronto, passou um flash de tudo que aconteceu desde o primeiro ano, nostalgia tomou conta do meu ser. Final, eles se acertaram, não aguento ver nossos originais brigando, é de cortar o coração (Com bisturi é claro). Queria entrar na televisão e abraçar Mer e Cristina.

Final de episódio e emoção tomou conta, meu rosto ficou molhado, eu não me segurei muita emoção. Cristina desabafando, Zola indo embora, Derek deixando Meredith sozinha e Alex consolando.

PS: O Chef fez tudo pra poder salvar o emprego da Meredith. Agora tem tempo para cuidar mais de Adele.

PS2: Ri muito com Cristina neste episódio.

Isso ai pessoas, se tiver esquecido alguma coisa me lembrem/corrijam e deixem comentários, vamos falar sobre a perfeição que foi este episódio.

Comentários

  1. Vamos lá \õ/ Eu também senti esse ar diferente na série e por sinal, gostei bastante. Achei que começou muito bem essa temporada e tem tudo para ser tão boa quanto as outras. Vi algumas pessoas falando mal e por aí vai, mas eu realmente gostei. Ri demais com a Teddy e aquele jeito toda feliz dela (Manhê, quero um Henry /ignore). Meu trio maravilhoso estava marilhoso: Callie, Arizona e Mark <3 Amo, amo e amo de novo! 
    Eu entendo a Cristina e como você, também entendo o Owen e adorei a atitude dele no final; Mer como sempre fazendo tudo por ela e ela o mesmo. Amo essa amizade, acho a coisa mais linda. 
    Mer é tão... não dá para não amá-la, simplesmente, não dá, impossível. Esse jeito "louco" dela é adorável. E espero que as coisas se ajeitem para ela e por mais que eu tenha ficado com raiva do Derek, quero MerDer de volta. 
    Alex recuperou meu amor e chorei ao ponto de embaçar meu óculos completamente com a cena final. Quero a Zola de volta. 
    Está excelente a review, Diego, disse tudo! 

    ResponderExcluir
  2. Devo dizer que Grey's Anatomy é uma das minhas séries preferidas, mas estou em falta com ela pois faz um bom tempo que não assisto. Pra ser sincera nem sei em que temporada parei, mas gosto demais! Principalmente do Dr. Bonitão (Derek).

    E devo dizer que depois que li esse post a minha vontade de ver e rever a série só aumentou, mas infelizmente no momento não tenho como assistir. Enquanto o tempo e a oportunidade de assistir não chegam ficarei por aqui me deleitando com as informações dos seus posts. Esperando mais!!! \o/

    ResponderExcluir
  3. Muito obrigado... hehehehehe fiquei até sem graça... Rezando pro tempo ficar a seu favor, boa sorte.... =D

    ResponderExcluir
  4. Tem uma coisa nova que gostei bastante. Avery sendo o Gunther...adoro nossos principais, mas acho que foi algo tipo "chega dos mesmos se dando bem". A Kepner coitada, precisa de uma reviravolta aí, se não vai continuar sem graça.

    ResponderExcluir
  5. Pois é, Kepner não tem o respeito dos demais, e também gostei de Avery sendo o Gunther, mesmo sabendo que Cristina é foda, é sempre bom uma reviravolta. Obrigado pelo coment, volte sempre.. =D

    ResponderExcluir
  6. Grey's voltou maravilhosamente bem. Shonda mostrou sua capacidade de reinventar a série, é isso é a essencia de Grey's. Cristina, bem, Cristina simplesmente dominou o episódio, suas cenas com Meredith foram emocionantes (apesar de eu achar que em alguns momentos faltou mais emoção na atuação de Ellen). Miranda foi outra que voltou melhor do que nunca.

    Ah como eu estava com saudades desse pessoal. e Cristina continua sendo minha musa. 

    ResponderExcluir
  7. Cristina também é minha musa, destaque no episódio. Pois é, Ellen nunca faz cena de choro, pena.. Miranda também é outra linda....Valeu pelo coment.... =]

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Agenda de Séries

Agenda de séries:

Fique por dentro das séries que vão ao ar no dia nos Estados Unidos com essa super agenda.  Dúvidas, críticas elogios... Caso haja algum erro na agenda, mencione-o nos comentários.

O Fim da Saga Red John em "The Mentalist"

Por Jaqueline Pigatto
Chegou ao fim uma das maiores sagas dos seriados da atualidade. Patrick Jane finalmente colocou as mãos em Red John, o serial killer que matou sua esposa e filha. A série, que teve início há 6 anos, sempre focou na busca do protagonista por vingança, com Red John sempre alguns passos à frente, criando mais perguntas para as poucas respostas que conseguíamos, praticamente entrando na mente de Jane e roubando uma memória feliz, até conseguindo sua lista de suspeitos, revelada ao final da quinta temporada.
A partir dali sabíamos que o momento tão esperado chegaria. A produção confirmou: vamos descobrir nessa temporada quem é Red John. Os 7 suspeitos da lista eram personagens que frequentemente passavam pela série, em sua maioria policiais ou ligados ao governo. Pessoas de poder e influência. Mas poucos fãs acreditavam que realmente seria um daqueles. Sempre teve a teoria de que o Red John seria o próprio Patrick Jane. O bizarro Brett Partridge era uma das principais…

Netflix Divulga TOP 10 Séries mais vistas por super maratonistas

PREPARAR, APONTAR, ASSISTIR: MAIS DE 8 MILHÕES DE ASSINANTES QUEREM SER OS PRIMEIROS  NA MARATONA DE SÉRIES DA NETFLIX
Um novo tipo de aficionado surgiu com a Netflix, e eles estão correndo para serem os primeiros a terminar séries como Stranger Things, House of Cards, Fuller House e outras . Assistir a uma série inteira antes de todo mundo virou um novo símbolo de status.
A Netflix mudou a forma como o mundo se relaciona com séries  - espectadores podem assistir quando, onde, como quiserem e, principalmente, em qualquer ritmo. Ao fazer isso, a Netflix viu o surgimento de um novo tipo de fã: o super maratonista. Completando em um dia o que os outros levam semanas, os super maratonistas se empenham para serem os primeiros a terminar uma série, assistindo a uma temporada inteira nas primeiras 24 horas após o lançamento. 

No total, 8,4 milhões de assinantes da Netflix se tornaram super maratonistas, e a única coisa mais rápida do que o ritmo em que eles assistem a séries é o ritmo de cresc…

Entendendo Game Of Thrones

Game of Thrones é uma série que acaba se tornando bem difícil de explicar, e isso ocorre justamente por causa da complexidade dos personagens, que são muitos, e pela quantidade de subtramas existentes. Então, meu objetivo com esse texto é fazer com que uma pessoa que nunca viu ou que não tenha entendido muito a premissa da série, entenda de forma clara qual a principal narrativa. Nesse texto não vou entrar em detalhes sobre os personagens e subtramas (senão você ficaria horas aqui lendo), apenas vou tentar mostrar a direção e o que a série propõe.
Como todos sabem, a série Game Of Thrones (produzida pela HBO) é a adaptação dos livros de fantasia épica escritos por George R.R. Martin, que são chamados de As crônicas de gelo e fogo. Já se passaram a 1° e 2° temporada, adaptando o primeiro (A guerra dos tronos) e o segundo (A fúria dos reis) livro, respectivamente. E nesse domingo é a estreia da terceira temporada, que irá adaptar a primeira parte do terceiro livro (A tormenta das espadas…

Especial: TOP 5 séries que você não deve assistir com a sua mãe

Olá, leitores! Hoje não é um dia qualquer, não é um simples domingo onde você, caro leitor, comerá um pedaço de pizza do sábado à noite no almoço, porque hoje é o dia das mulheres da vida de cada um de vocês, das mulheres que consideram sagradas. Hoje é dia das mães! O Viciado Em Série não poderia deixar de prestar sua homenagem, contudo, decidido a fazer algo diferente do bom e velho “TOP 5/10 Mães de Séries/Filmes”, segue o "TOP 5 Séries Que Você Não Deve Assistir Com a Sua Mãe".
5º Lugar - Game of Thrones

Uma série da HBO para maiores de 18 anos cheia de nudez, cenas de sexo, incesto, orgias, guerras, violência de todos os tipos, entre outras situações embaraçosas. Game of Thrones, definitivamente, não é o tipo de série para você assistir ao lado da sua querida e sagrada mãe, afinal, qual filho não fica constrangido diante uma cena de sexo em um filme aleatório sendo assistido junto dela? Agora imagina uma cena dessas entre dois irmãos... Pois é, MELHOR NÃO! 
4º Lugar – Tr…