Pular para o conteúdo principal

True Blood: Review "Me And The Devil" S04E05




Tapa na cara dos detratores.

Não sinta-se ofendido. Incluo-me nesse cesto de maldades recheado por reclamações sobre True Blood. Mas os reviewers são assim. Criticamos quando tem que criticar e elogiamos quando é necessário e se tratando de "Me And The Devil", só louco é capaz de achar esse episódio menos do que sensacional.

Até o meu mimimi referente a não percepção do sumiço de Jason foi explicado. A trama evolui espantosamente em todos os lados, fazendo-nos interessar e muito pelo que vem pela frente. O essencial de uma série é você não ter a mínima ideia do que vai acontecer e nesse episódio, houveram muitos momentos assim. Um exemplo foi na cena onde Tommy se transforma em crocodilo quase matando Andy de susto.


Por falar no pirralho, parece até que os produtores leram o meu review do episódio anterior, quando eu pedi que essa turma de metamorfos se acabassem entre si. Quase aconteceu. Por um lado torcia para que Tommy acabasse com seu pai, mas não imaginava que acidentalmente acabara matando sua mãe. Não me lembro da última vez que me emocionei em True Blood. O filho jogando a mãe para os crocodilos foi dramática.

Enfim Sookie chega aos finalmente com Eric. Isso já era mais do que esperado e foi bom avançarem com essa novela. Sookie tem coração mole, mas não não acredito essa relação vai durar muito tempo, principalmente após Tara jogar aqueles fatos na cara de sua amiga. Mas foi uma ótima faceta incrementada na série para unir as tramas referente a Eric e Bill. Já não vejo a hora de chegar o próximo episódio e ver a cara de Bill ao pegar Sookie e Eric na cama.

E isso só vai acontecer porque Pam deu com a língua nos dentes. O que fizeram com a vampira mais sexy da série? Tadinho do rostinho da Pam! Mas está bem engraçado vê-la enfurecida com Tia Petúnia. Até Bill ficou interessante nesse episódio! Finalmente honrou seu reinado e saiu de traz de sua mesa para ser um dos destaques do episódio.

E no lado da série em que achava que não ia dar em nada, eis a mãe de Tara e seu "amado" marido pastor usando todas as artimanhas em pró da extinção do demônio, ops, fantasma da casa. Sensacional. Comédia pura e de boa qualidade. Mas continuo achando que não tem nada a ver com o bebê e que tem gente/vampiro/metamorfo ou um bicho qualquer por trás disso. Claro que teorizando um pouco [rs]


E a faixa de vampira mais sexy da série muda de dona. Jessica só apareceu no sonho de Jason, mas disseminou sensalidade. Mas o sensacional dessa cena foi Hoyt tomar o lugar de sua namorada, para o desespero de Jason que mesmo estuprado, ainda tem sonhos eróticos.

Tem cenas em True Blood bem mais engraçadas do que as melhores séries de comédia da atualidade. Fato.  

Enfim, True Blood trouxe um excepcional episódio lembrando os bons e velhos tempos da série, fazendo-me depois de muito tempo, contar os dias para que chegue o próximo episódio.

Não quanto a vocês. Digam nos comentários!

Comentários

  1. Gostei bastante desse episódio tb! Achei que a história dessa temporada desenrolou um pouco. Minhas expectativas são boas!

    ResponderExcluir
  2. O episódio foi muito bom, assim como todos os outros dessa temporada, a qual está bem interessante. Minha parte favorita, claro, foi o desenvolver do relacionamento entre Sookie e Eric. Uma pena que Bill vai atrapalhar.
    Muito engraçados o sonho de Jason, personagem o qual estou até simpatizando, com Jessica, sempre perfeita, e o exorcismo da casa de Arlene. Também não acredito que o bebê esteja fazendo tais coisas, creio que seja o boneco maldito.
    Curiosa para saber o desenrolar dessas possessão de Marnie e o que ela ainda vai fazer com os vampiros e torço para o rosto de Pam voltar ao normal!
    Louca para assistir ao próximo episódio!

    ResponderExcluir
  3. Esse episódio foi bem tenso, bem engraçado, bem tudo... 
    Genialidade fluindo dos eps deste domingo[Breakig Bad que o diga]...
    Temos a despedida da família buscapé, nunca gostei deles, torci para o Tommy matar seu pai, mas quem diria levou a mãe como brinde.. Ela se fazendo de santa, dizendo que amava o filho, duvido...
    Quando Sam estava para abrir a porta do carro, tensão tomando conta, ver aquele crocodilo foi bem interessante  muito bem feito, cena ótima, pensando que Tommy ia matar Andy[se bem né, não ia fazer falta alguma].
    Pam minha linda/feia, porque fizeram isto com vc, de super hot, para ugly... 
    Odeio o Bill, mas neste ep ele teve alguma evolução, e o exorcismo foi bem hilário, não tem como não rir, bebê e boneca megaevil, dupla foda essa viu, quero ver o que vai sair disso...
    contando os segundos para o próximo episódio, aaa e parabéns ótimo texto, como sempre....

    ResponderExcluir
  4. A trama está numa ótima crescente! Temos a Sookie cada vez mais envolvida com o Eric.Pam tão desesperada com seu estado que entrega (sem querer) seu criador, Bill com sangue nos olhos, Jason  tendo sonho erótico com Jessica e Hoyt (hilário, a reação do irmão da Sookie depois de despertar), o início de incêndio no quarto da Arlene e muito mais. Só a Tara que eu estou achando um porre! Parabés pela review!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Agenda de Séries

Agenda de séries:

Fique por dentro das séries que vão ao ar no dia nos Estados Unidos com essa super agenda.  Dúvidas, críticas elogios... Caso haja algum erro na agenda, mencione-o nos comentários.

O Fim da Saga Red John em "The Mentalist"

Por Jaqueline Pigatto
Chegou ao fim uma das maiores sagas dos seriados da atualidade. Patrick Jane finalmente colocou as mãos em Red John, o serial killer que matou sua esposa e filha. A série, que teve início há 6 anos, sempre focou na busca do protagonista por vingança, com Red John sempre alguns passos à frente, criando mais perguntas para as poucas respostas que conseguíamos, praticamente entrando na mente de Jane e roubando uma memória feliz, até conseguindo sua lista de suspeitos, revelada ao final da quinta temporada.
A partir dali sabíamos que o momento tão esperado chegaria. A produção confirmou: vamos descobrir nessa temporada quem é Red John. Os 7 suspeitos da lista eram personagens que frequentemente passavam pela série, em sua maioria policiais ou ligados ao governo. Pessoas de poder e influência. Mas poucos fãs acreditavam que realmente seria um daqueles. Sempre teve a teoria de que o Red John seria o próprio Patrick Jane. O bizarro Brett Partridge era uma das principais…

Entendendo Game Of Thrones

Game of Thrones é uma série que acaba se tornando bem difícil de explicar, e isso ocorre justamente por causa da complexidade dos personagens, que são muitos, e pela quantidade de subtramas existentes. Então, meu objetivo com esse texto é fazer com que uma pessoa que nunca viu ou que não tenha entendido muito a premissa da série, entenda de forma clara qual a principal narrativa. Nesse texto não vou entrar em detalhes sobre os personagens e subtramas (senão você ficaria horas aqui lendo), apenas vou tentar mostrar a direção e o que a série propõe.
Como todos sabem, a série Game Of Thrones (produzida pela HBO) é a adaptação dos livros de fantasia épica escritos por George R.R. Martin, que são chamados de As crônicas de gelo e fogo. Já se passaram a 1° e 2° temporada, adaptando o primeiro (A guerra dos tronos) e o segundo (A fúria dos reis) livro, respectivamente. E nesse domingo é a estreia da terceira temporada, que irá adaptar a primeira parte do terceiro livro (A tormenta das espadas…

Especial: TOP 5 séries que você não deve assistir com a sua mãe

Olá, leitores! Hoje não é um dia qualquer, não é um simples domingo onde você, caro leitor, comerá um pedaço de pizza do sábado à noite no almoço, porque hoje é o dia das mulheres da vida de cada um de vocês, das mulheres que consideram sagradas. Hoje é dia das mães! O Viciado Em Série não poderia deixar de prestar sua homenagem, contudo, decidido a fazer algo diferente do bom e velho “TOP 5/10 Mães de Séries/Filmes”, segue o "TOP 5 Séries Que Você Não Deve Assistir Com a Sua Mãe".
5º Lugar - Game of Thrones

Uma série da HBO para maiores de 18 anos cheia de nudez, cenas de sexo, incesto, orgias, guerras, violência de todos os tipos, entre outras situações embaraçosas. Game of Thrones, definitivamente, não é o tipo de série para você assistir ao lado da sua querida e sagrada mãe, afinal, qual filho não fica constrangido diante uma cena de sexo em um filme aleatório sendo assistido junto dela? Agora imagina uma cena dessas entre dois irmãos... Pois é, MELHOR NÃO! 
4º Lugar – Tr…

A Fantástica Última Temporada de The Killing

(Com spoilers)

Uma aula de como encerrar uma série.
The Killing recusava a nos deixar. Sofreu dois cancelamentos e foi resgatada duas vezes. Lutou contra os números de audiência, única coisa que interessava para o AMC, e conseguiu sobrevida graças à sua qualidade, prontamente reconhecida pelo Netflix. Ajudou na produção da terceira temporada e bancou sozinha a sua quarta, pois, felizmente, acreditou na série e não nos deixou órfãos, depois daquele excepcional cliffhanger.
Terminamos a terceira temporada presenciando Linden matar cruelmente (e merecidamente) Skinner, aos gritos de "NÃO" de Holder. Tempos depois fomos noticiados que não veríamos mais nada além daquilo, pois o AMC decidiu cancelar a série, fato que trouxe muita tristeza para o seu telespectador. É uma crueldade que fazem com o telespectador, mas é, infelizmente, uma prática comum na TV, pois não respeitam nada além de lucro, e deixam de contar uma história sem mais nem menos, se lixando para seus clientes. 
E a …