Treme




(Este texto tem como tema a série Treme [HBO], um breve balanceamento da primeira temporada).

O que falar desta série da HBO que chegou como quem não quer nada e fez o maior estrago [no bom sentido], pelo menos nos EUA, porque no Brasil quase ninguém sabe qual a temática da serie.
Posso falar, com toda certeza, que Treme tem a marca da HBO, qualidade que está em tudo [ou quase] que o canal produz, desde Boardwalk Empire e Game of Thrones, as mais recentes, como The Wire e The Sopranos dois de seus clássicos.

A série conta a história de um grupo de pessoas, moradores do bairro Treme, em Nova Orleans que, de alguma forma, foi afetada pelo furacão Katrina e, após o desastre, tentam recomeçar suas vidas. Na série, você também pode encontrar a cultura bastante diversificada da região, mostrando seus diversos ritmos e crenças.

Apesar de tratar do assunto morte quase que constantemente, a série é cheia de vida, cores, música [muita música], tornando-se uma obra simples e emocionante, que acontece num ritmo lento, que é sua marca registrada.

Não vou ficar citando nomes de personagens nem os dramas deles, pois acho que são tremendos spoilers, mas vale ressaltar que a série não tem personagem principal e nem sempre tem alguma ligação, mas existem características em comum como, por exemplo: a vida de todos não é a mesma depois da tragédia e eles estão completamente exaustos pelas perdas financeira, emocionais e familiares que sofreram.

Então, se você se interessou pela temática, #ficadica. Corre lá e faz uma maratona, afinal são apenas dez episódios, e aproveite o embalo e já comece a segunda temporada, que está sendo exibida atualmente junto à renovação para a terceira.
Tecnologia do Blogger.