Pular para o conteúdo principal

Damages: Review "There's Only One Way to Try a Case" S04E01



PATTY HEWES IS BACK!!!
Boa tarde a todos os seriadores que aqui frequentam! Deixe-me apresentar primeiro: Eu sou Karolen Passos e estarei fazendo as reviews de Damages. Aviso aos navegantes que esta será a minha primeira review, então, não peguem tão pesado comigo. Em outros blogs que participei eu costumava fazer posts aleatórios, mas nunca havia feito uma review, então, espero conseguir fazer algo legal. Enfim, vamos ao que interessa.

Devido ao quase cancelamento de Damages, podemos perceber que no final da terceira temporada os escritores fecharam tudo, sem deixar nenhuma ponta. Com isso, essa quarta temporada será, praticamente, um recomeço. Algumas coisas da temporada passada ainda parece que serão exploradas. Como exemplo eu cito a segunda cena em que a nossa querida – pelo menos por mim – advogada Patty Hewes está fazendo uma entrevista com uma babá para cuidar de sua neta (uma menina muito fofinha por sinal), já que Michael simplesmente desapareceu.
Parsons está trabalhando em uma nova empresa de advocacia, mas com o intuito de começar seu próprio negócio. Ela quer ganha uma reputação, construir um nome e já desconfiada da empresa High Star Security Corp – que atua no Afeganistão como uma empresa privada que fornece reforços para o exercito; em um português claro, eles são pagos para matar –, ela se mostra interessada em construir um caso contra eles, tanto que se encontra com seu amigo de colegial, Christopher Sanchez “Sancho” (Chris Messina), que mostra sinais de quem sofre de um forte trauma pós-guerra. Sancho não se mostra muito perceptivo a falar quando Ellen o encontra na lavanderia após descobrir sobre o incidente que ocorreu no halloween; este mente para ela dizendo que não conhecia nenhum dos nomes citados por ela que teriam morrido nessa missão – a qual mais para frente no episódio descobrimos que era uma missão ilegal (BANG! Minha curiosidade atingiu seu ponto máximo). A medalha que se encontra no pescoço do cachorro do amigo da Parsons, podemos vê-la nas mãos do indivíduo que está encapuzado nos flashfowards, e no último podemos ver que essa pessoa morreu (aparentemente com vários golpes de uma espada) e quem encontra é a Ellen que acaba por desabar no choro. Quem será essa pessoa? Eu apostaria no Sancho se Damages não fosse tão surpreendente.
Howard (John Goodman) está tentando convencer a deputada a votar a seu favor para a renovação dos contratos, mas ela se recusa devido ao fato de que seus eleitores são contra a guerra. Ele pede um favor a ela, mas esse é em vão, pois o tal do deputado Shipley se recusa a se encontrar com ele. Howard pede ajuda para seu “amigo” Jerry (Dylan Baker) nessa renovação de contratos, mas ele diz estar ocupado limpando a sujeira do outro. O Jerry – que parece ser um grande filho da p**a – explode o prédio do terapeuta de Sancho, o que eu sinto que irá desencadear em uma briga entre ele e Howard.
Assumo que fiquei com um grande ‘WTF’ na testa quando a Catherine estava encarando a Hewes daquela forma no jantar; parecia que a garotinha estava possuída. E como sempre ela querendo manipular tudo ao seu redor. Essa troca de babá toda hora parece ser uma forma de ela poder ser o único elo forte que a menina irá ter. É, Patty, algumas coisas nunca mudam.
Ellen procura a Patty para perguntar se ela tem alguma informação sobre High Star que a avisa para não se meter com eles. Hewes deixa claro que se Ellen ainda tem vontade em ter uma vida normal, família e amigos, ela não deve se envolver em algo assim. Não me batem, mas não acho que a Parsons tenha capacidade de dar conta do caso sozinha. Ela pode ter aprendido muito com a Hewes, mas ainda não tem o talento necessário para lidar com as perdas que um caso como esse causa. (Pelo amor de Deus, Parsons, volta logo a trabalhar com a Patty, porque esse ‘mimimi’ já está irritando).
Pelas promos lançadas, parece que quem irá liderar o caso será a Ellen, mas com todo o envolvimento que, aparentemente, ela terá com o ‘Sancho’, posso apostar que a Hewes irá acabar assumindo. Afinal, Erickson é o tipo de homem que a Patty gosta de destruir.
No final do episódio, Sancho acaba cedendo após ouvir o discurso da Ellen e decide que irá lhe ajudar com o caso lhe contando algumas coisas sobre a missão. Patty está assistindo ao vídeo que no começo Ellen estava, do Howard com a Deputada, o que mostra seu interesse nesse caso. E partes do flashfoward final que eu já citei acima.
Não dá para tirar grandes conclusões apenas com a premiere, mas uma coisa certa: Esse caso será tão intenso quando os outros e se duvidar até mais intenso do que tais. Vamos ver como esse quebra cabeça irá se encaixar!
As atuações de Glenn Close e Rose Byrne continuam fantásticas, e John Goodman e Chris Messina também não fizeram feio; adorei ambas as interpretações, um pouquinho mais a do Chris, mas isso não vem ao caso.
Uma nota rápida: Os flashforwards começaram se passando 3 meses depois diferente das temporadas anteriores em que estes costumavam se passar 6 meses depois. Pode ser devido ao fato de que a quantidade de episódios foi reduzida.
Pergunta: Fui a única que sentiu falta do Tom Shayes?
Enfim, agora é esperar pelo próximo episódio e ver se mais revelações irão surgir. Espero que eu tenha conseguido fazer uma review agradável.
Ótimo restinho de domingo a todos. Até a próxima!
That’s all folks ;*

Comentários

  1. Nem vou ler,  salvar aqui, quando acabar minha maratona vou correr pra dar uma lida.... é claro deixar mais um coment....

    ResponderExcluir
  2. Viciado Por Séries17 de julho de 2011 20:52

    Ótima review Karol! O episódio foi muito bom e ao ler seu texto, deu vontade de ir lá assistir novamente. A série voltou a todo vapor e acredito que será uma das melhores, principalmente pelas excepcionais atuações que mencionou.
    Foi bom você tocar no assunto. Senti muita falta do Tom Shayes. Infelizmente não está mais entre nós mas Patty e Parsons vão suprir a falta dele.

    Parabéns mais uma vez pelo texto e seja bem vinda ao "Viciado em Série"

    ResponderExcluir
  3. Ótima review Karol! O episódio foi muito bom e ao ler seu texto, deu vontade de ir lá assistir novamente. A série voltou a todo vapor e acredito que será uma das melhores, principalmente pelas excepcionais atuações que mencionou.
    Foi bom você tocar no assunto. Senti muita falta do Tom Shayes. Infelizmente não está mais entre nós mas Patty e Parsons vão suprir a falta dele.

    Parabéns mais uma vez pelo texto e seja bem vinda ao "Viciado em Série"

    ResponderExcluir
  4. Muito boa sua review, também gostei muito do episódio, só não estou mais aguentando este vou num vou da Ellen, volta logo pra Patty, pra vc começarem a chutar budas juntas. John Goodman estava ótimo, não só ele... Fiquei com um pouco de dó da menina , tadinha, não tem felicidade, não dá uma rizada, não tem contato com outras crianças... Patty dá um jeito em...
    Essa trama da High Star vai dar polêmica, concordo com vc, pode ser mais monstruoso que os os outros casos, pelo fato de ser uma empresa de alto nível...
    Terminei minha maratona e corri pra 4 temp, me joguei de cabeça e não me arrependi..
    Mais uma vez, review ótima.....nota:10000000000000000000000000000000000000000....

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Agenda de Séries

Agenda de séries:

Fique por dentro das séries que vão ao ar no dia nos Estados Unidos com essa super agenda.  Dúvidas, críticas elogios... Caso haja algum erro na agenda, mencione-o nos comentários.

Netflix Divulga TOP 10 Séries mais vistas por super maratonistas

PREPARAR, APONTAR, ASSISTIR: MAIS DE 8 MILHÕES DE ASSINANTES QUEREM SER OS PRIMEIROS  NA MARATONA DE SÉRIES DA NETFLIX
Um novo tipo de aficionado surgiu com a Netflix, e eles estão correndo para serem os primeiros a terminar séries como Stranger Things, House of Cards, Fuller House e outras . Assistir a uma série inteira antes de todo mundo virou um novo símbolo de status.
A Netflix mudou a forma como o mundo se relaciona com séries  - espectadores podem assistir quando, onde, como quiserem e, principalmente, em qualquer ritmo. Ao fazer isso, a Netflix viu o surgimento de um novo tipo de fã: o super maratonista. Completando em um dia o que os outros levam semanas, os super maratonistas se empenham para serem os primeiros a terminar uma série, assistindo a uma temporada inteira nas primeiras 24 horas após o lançamento. 

No total, 8,4 milhões de assinantes da Netflix se tornaram super maratonistas, e a única coisa mais rápida do que o ritmo em que eles assistem a séries é o ritmo de cresc…

O Fim da Saga Red John em "The Mentalist"

Por Jaqueline Pigatto
Chegou ao fim uma das maiores sagas dos seriados da atualidade. Patrick Jane finalmente colocou as mãos em Red John, o serial killer que matou sua esposa e filha. A série, que teve início há 6 anos, sempre focou na busca do protagonista por vingança, com Red John sempre alguns passos à frente, criando mais perguntas para as poucas respostas que conseguíamos, praticamente entrando na mente de Jane e roubando uma memória feliz, até conseguindo sua lista de suspeitos, revelada ao final da quinta temporada.
A partir dali sabíamos que o momento tão esperado chegaria. A produção confirmou: vamos descobrir nessa temporada quem é Red John. Os 7 suspeitos da lista eram personagens que frequentemente passavam pela série, em sua maioria policiais ou ligados ao governo. Pessoas de poder e influência. Mas poucos fãs acreditavam que realmente seria um daqueles. Sempre teve a teoria de que o Red John seria o próprio Patrick Jane. O bizarro Brett Partridge era uma das principais…

Entendendo Game Of Thrones

Game of Thrones é uma série que acaba se tornando bem difícil de explicar, e isso ocorre justamente por causa da complexidade dos personagens, que são muitos, e pela quantidade de subtramas existentes. Então, meu objetivo com esse texto é fazer com que uma pessoa que nunca viu ou que não tenha entendido muito a premissa da série, entenda de forma clara qual a principal narrativa. Nesse texto não vou entrar em detalhes sobre os personagens e subtramas (senão você ficaria horas aqui lendo), apenas vou tentar mostrar a direção e o que a série propõe.
Como todos sabem, a série Game Of Thrones (produzida pela HBO) é a adaptação dos livros de fantasia épica escritos por George R.R. Martin, que são chamados de As crônicas de gelo e fogo. Já se passaram a 1° e 2° temporada, adaptando o primeiro (A guerra dos tronos) e o segundo (A fúria dos reis) livro, respectivamente. E nesse domingo é a estreia da terceira temporada, que irá adaptar a primeira parte do terceiro livro (A tormenta das espadas…

Especial: TOP 5 séries que você não deve assistir com a sua mãe

Olá, leitores! Hoje não é um dia qualquer, não é um simples domingo onde você, caro leitor, comerá um pedaço de pizza do sábado à noite no almoço, porque hoje é o dia das mulheres da vida de cada um de vocês, das mulheres que consideram sagradas. Hoje é dia das mães! O Viciado Em Série não poderia deixar de prestar sua homenagem, contudo, decidido a fazer algo diferente do bom e velho “TOP 5/10 Mães de Séries/Filmes”, segue o "TOP 5 Séries Que Você Não Deve Assistir Com a Sua Mãe".
5º Lugar - Game of Thrones

Uma série da HBO para maiores de 18 anos cheia de nudez, cenas de sexo, incesto, orgias, guerras, violência de todos os tipos, entre outras situações embaraçosas. Game of Thrones, definitivamente, não é o tipo de série para você assistir ao lado da sua querida e sagrada mãe, afinal, qual filho não fica constrangido diante uma cena de sexo em um filme aleatório sendo assistido junto dela? Agora imagina uma cena dessas entre dois irmãos... Pois é, MELHOR NÃO! 
4º Lugar – Tr…