The Big C: Review "Sexual Healing" S2EP03




(Se você está assistindo a série, comente! Só faz sentido escrever um review se houver a participação de vocês!)

Já está ficando chato isso, não a série, mas os elogios em todos os episódios. Por que não dizer, simplesmente FODA [com todo respeito].

Nem sei o que dizer, tudo que eu sempre falo em todos os episódios, dobrou neste. Foi pura comédia, não tinha como não rir das situações apresentadas. Tratou o tema sexo, com muita naturalidade.

Iniciamos o episódio, com Cathy e Paul na cama, ele tentando mentir para ela, dizendo que não precisa de sexo, mas por dentro estava se remoendo de raiva por dizer aquilo. Temos também, uma das melhores personagens, Andrea, com toda sua simpatia e graça. Cathy convida Andrea, para morar em sua casa, pois seus pais vão a uma missão missionária. Logo depois vemos que Sean esta tendo resultados, tomando [supostamente] suas medicações, e conhecemos seu lado normal, ou quase isso.

Com a chegada de Andrea, Adam agora tem uma, digamos assim, irmã, e isto pode levar a várias situações bem interessantes. Depois que Andrea pega Paul, aliviando sua tensão sexual [para não falar outra coisa], ele e Cathy têm uma discussãozinha, nada demais, mas que desmentiu Paul, em relação a sua falta de sexo. Gosto muito das conversas de Andrea e Cathy, dá pra ver que as duas têm uma relação de respeito e amizade, Cathy não trata Andrea como criança.

Todos tiveram sua hora no episódio, até Adam, que aproveitou o título de filhinho da mamãe com câncer, para tirar uma casquinha da menina do colégio. O único momento que gostei de Rebecca foi à ida ao Sex shop, ela me fez dar boas gargalhadas.

Tivemos o momento, FALA QUE EU TE ESCUTO, quando Sean deixa Rebecca insegura em relação a sua aparência. Conhecemos um novo personagem, o Dale [unha encravada, que cresce em duas direções], depois deste momento verdade, os dois se vêem unidos pelos defeitos.

Já no final, vemos Cathy presenteando Paul, com uma luva [não vou falar onde ele colocou], a partir dai temos a cena de sexo mais engraçada de todos os tempos. Que Mais gostei no episódio foi às piadinhas, tiradas de humor e pegadinhas do malandro, me fizeram dar muitas risadas, dando o mérito para Andrea e Paul.

Mais um capítulo genial, e caminhamos [lentamente] para o meio da temporada. Apesar de ninguém mais acreditar no Emmy, temos que ficar felizes, pois Laura Linney está concorrendo.
Tecnologia do Blogger.