The Big C: Review “Boo!” S02E04




Impressionante como The Big C consegue manter/aumentar o nível a cada episódio. Séries da Summer Season morram de inveja.

Como o nome já especulava, vimos o episódio de Halloween, confesso que ver um episódio desses, fora da época de Halloween é meio esquisito. Pois bem, tivemos várias situações, começando por Sean e a coruja possuída por Marlene.

Pensei que Sean não estava querendo tomar os remédios, me enganei, vimos claramente que ele quer melhorar, e quando Andrea disse que o tal barulho ouvido podia ser o espírito de Marlene, eu ri litros. O alivio dele ao ver que era uma coruja (coruja do Harry, que ficou sem emprego após o término da saga de filmes), foi demais.

Falando nisso, Andrea continua ótima como sempre, vestida de anjo ou não. Uma das coisas que mais gosto nela, é sua sinceridade, ela sempre vai estar lá pra jogar a verdade na cara do idiota do Adam, como pode um filho ser tão ingrato. Sabemos que ele também está sofrendo com a doença da mãe, não demonstra, mas quem disse que ele precisa ser um idiota. Não vai ter mais garagem cheia de presentes pra ele chorar depois.

Paul teve mais destaque neste episódio, foi demitido no dia do ano que mais odeia, chegou a me dar aflição vendo ele naquela correria. Cathy linda como sempre, não conseguia dormir, pela anciosidade de começar o experimento, o que tinha tudo pra ser um ótimo dia pra ela, se tornou um pesadelo, neste tempo ela atropelou um cara, cortou a mão, perdeu o dia do experimento, foi um completo desastre. Descobrimos que neste experimento clinico, é igual ao primeiro dia de aula, e ninguém que ser da turma da loira malvada.

Tivemos a ausência de Rebecca (não me fez falta), e um novo personagem foi apresentado, pode ser que role alguma coisa entre ele e Cathy, não vai prestar (para Paul).

P.s: Gostei daquela camiseta que Andrea deu para Cathy, Brave Bith.

DEIXE SEU COMENTÁRIO, VAMOS DISCUTIR SOBRE.
Tecnologia do Blogger.