True Blood: Review "You Smell Like A Dinner" S4E02


Como são envolventes os episódios de True Blood!

Isso já é uma marca da série mas não custa nada falar. Já notou que nos episódios de True Blood praticamente todos os principais personagens aparecem? Pois é. Na mesma hora que você está assistindo uma cena com Sookie já pensa no que pode vir depois, mas nunca é capaz de adivinhar o que estar por vir. Esse suspense é que é excepcional na série pois a cada cena nos damos conta de que tudo pode acontecer, e em "You Smell Like A Dinner" não foi diferente.

O episódio manteve o alto nível do episódio passado e em vários momentos superou pois dessa vez tivemos até flash-backs! Conhecemos um pouco do passado de Bill e vimos como conseguiu o trono. Gostei muito da resolução, pois não estava engolindo o fato de ter derrotado a rainha "na mão". Criadores do True Blood. Quem diria que Bill fazia parte dessa turma. Não só fez como agora está novamente aliado.

Eric com cara de que viu um fantasma. E viu muito pior
Por outro lado Sookie se ajusta as novas realidades de Bon Temps mas os pesadelos do lugar que esteve presa não a deixa em paz. Mas pelo menos teve sua amiga Tara de volta nesse episódio mas ainda não sabemos se isso é bom ou ruim pois sabemos que as duas nunca se livram de confusões. Porém uma coisa a gente sabe. Ela ainda é bem apaixonadinha por Bill e pelo contrário já teria se jogado aos pés do insistente Eric.

E por falar no vampiro galã, que diabos foi aquilo que aconteceu com ele? Eric, a mando de Bill, foi dar uma prensa naqueles bruxos e acabou se dando muito mal. Lavagem celebra? Como assim Eric? Será os bruxos grandes vilões nessa temporada? Ou serão os mocinhos? Quanta pergunta! Pobre Lafayette. Quase sobra pra ele de novo.

E Jason voltou a se meter em confusões. Nem querendo ajudar ele deixa de se dar mal. Aqueles dois metamorfos viciados voltaram para acabar com aquele que manteve alimentado seu povo? Ainda está obscura essa trama mas devemos saber isso logo no próximo episódio. Lamber suas feridas? Um come do lado, outro como do outro? What?

E a outra turma de metamorfos continuam se conhecendo. Sam parece que achou a sua cara metade mas a gata tem mais coisa pra esconder do que tudo. A partir das descobertas essa trama vai se desenvolver. Por enquanto é só pegação, parecido com que Jessica pretende fazer. A caçula não está se contendo com o sangue sintético e muito menos com sua nova vida de dona de casa.Algo tem que acontecer com esse casal, pois realmente se ficarem nesse "arroz com feijão" prefiro que morram logo. (Mas as cenas que Hoyt partiu para porrada com os manifestantes foi ótima)

Ah gente! Não tem como ter um demônio aí dentro! Ou tem?
Duas tramas paralelas parecem (por enquanto) que estão inseridas apenas para fazermos rir. Estou falando de Andy e Arlene. Um viciado em V e que está mais aprontando confusões do que cumprindo a lei. Seus dias na cadeira de xerife estão contados. Agora Arlene está viajando ou não com aquela loucura de que seu filho é endemoniado. Não duvido de nada mas não é possível que aquela carinha está escondendo um demônio. Acho que mais momentos cômicos do que outra coisa, mas não duvido de nada em se tratando de True Blood.

Episódio empolgante e as considerações finais são para a HBO que liberou o episódio em seu site um dia após a exibição da premiere. Valeu HBO!

E vocês leitores do Viciado em Série"? Não estão gostando da volta de True Blood? Quero saber de vocês nos comentários!
Tecnologia do Blogger.