Primeiras impressões de Falling Skies




Esperava mais de Falling Skies, mas não quer dizer que foi uma decepção.

Desde o piloto de Lost, série alguma deixou-me alucinado após a exibição de seu primeiro episódio. Fringe, Dexter, Breaking Bad, entre outras, foram me conquistando aos poucos. Sendo assim não sou louco de apedrejar Falling Skies, mesmo com as primeiras impressões estando abaixo das minhas expectativas.

Minha principal reclamação é quanto aos efeitos especiais que realmente foram pífios. Em certos momentos achava que estava assistindo seriados japoneses como Jaspion e Changemans. Vindo de uma série de orçamento milionário assinada por Spielberg, chegou a ser decepcionante os efeitos visuais, fundamentais para alavancar uma série de sci-fi.

Outro fato que deixou-me incomodado foi o excesso de clchês estilos "The Walking Dead". Tudo bem que é quase impossível criarem uma série nova sem nenhum tipo de referência a alguma série anterior, mas Falling Skies foi forçado demais. A sequência é a sequinte:

Um mundo apocalíptico dominado por E.Ts, cujo dizimaram 90% da população. Criam-se então uma força tarefa para tentar salvar o mundo. Escacez de comida e de combustíveis são de praxe. No meio tempo, vasculham todos os lugares com a esperança de reencontrar familiares, mas encontram um grupo de bandidos revolucionários que não estão nem aí pra guerra e querem é levar vantagem sobre o caos. Esquecem dos aliens e iniciam uma guerra entre os humanos. Motivo? Comida e armas, é claro. Os mocinhos vencem e sequem em frente voltando o foco para os Aliens. Simples assim.

Mas, porém, contudo e todavia, a série tem potencial. Vamos falar dos aspectos positivos.

O tema é convidativo e misterioso. A cada vez que aparecem os aliens, os nossos olhos regalam em busca de informações. Suas virtudes, suas armas e defeitos aguçam nossa imaginação. As aeronavez a todo momento lançando os mísseis sobre a terra. E aquela nave mãe? O que será que tem dentro dela? As cenas de ação (apesar dos efeitos) foram aluscinantes e bem feitas. Achei excepcional a cena onde Tom põe seu filho no seu devido lugar forçadamente. Cena bem feita e bem atuada.

Enfim, apesar dos pesares continuarei assistindo a série torcendo para que se firme com o público, pois séries de sci-fi estão cada vez mais escassas. Talvez Falling Skies tenha usado clichês justamente para segurar o público e aos poucos exibir o seu valor. Sou otimista.

Mais vale assistir uma série com falhas na produção e com uma trama interessante e convidativa do que altas produções com tramas desinteressantes e sonolentas.
Tecnologia do Blogger.