Grey’s Anatomy: 7x21 – “I Will Survive”


Por: Tobias (@onlytobias)
“Adapte-se ou morra”.

E o terreno começa a ser – muito bem- preparado para o season finale.
A luta para se tornar residente chefe continua, com muitas reviravoltas, é claro. Alex recebeu uma proposta de Arizona para que fosse trabalhar numa clínica na África, no principio ele ficou relutante, mas passou a cogitar a opção caso não se tornasse residente-chefe. Ele meio que ignorou os sentimentos de Lucy, com quem está tendo um caso, e acabou magoando-a. Eis que ao final, ela passa a perna nele e fica com o cargo na clínica africana. Não é pessoal, carreira acima de tudo, e, às vezes, temos que ser vilão, como ela mesmo disse. Pelo desenrolar dos últimos episódios, Alex fez por merecer o cargo que almeja, mas não gostaria de vê-lo vencer a disputa, não congivo enxergá-lo num cargo com responsabilidades, aparenta ser imaturo demais.

Minha torcida, como já ficou muito claro é por Cristina, que é, incontestavelmente a melhor cirurgiã do SGMWH. Mas por pirraça de Altman está afastada das operações, e via sua chance de vencer se tornando cada vez mais remotas. Para tornar a decisão de Owen, que, casualmente também é seu companheiro, ela se recusa a fazer sexo com ele. Mas, eis que Cristina tem a chance de voltar para uma SO, ao descobrir que uma árvore crescia no pulmão de um paciente (!!!). tudo estava certo para ela operar sem que Teddy soubesse, mas eis que April dá com a língua nos dentes e Teddy acaba descobrindo, mas o paciente exige que Cristina lhe faça a cirurgia, e Teddy acaba tendo que ceder. Durante a cirurgia, Yang joga na cara de April que ela não será a residente-chefe. Adorei ver Cristina brilhando, voltando a ser a personagem irônica, ríspida e sensacional de sempre. Como eu estava com saudades de vê-la operando. Mas quando Owen descobriu que ela passou por cima de Teddy, usou as mesmas palavras que ele, e disse que ela nunca seria residente-chefe. Eu concordo que ela não tem um estilo burocrático que o cargo necessita, ela é incrível operando mesmo, mas claro que isso pode prejudicar sua carreira.

Eis que recebemos a notícia da década! Teddy Altman vai se mudar para a Alemanha! Ok, detesto a personagem, quero mesmo que ela se mude, mas vou sentir saudade dos embates Altman x Cristina. Talvez no fundo, bem, no fundo eu queira que ela fique, desde que pare de não querer deixar Cristina operar, por que né...

Avery largou os estudos que estava fazendo, e que poderiam lhe render o cargo. Numa atitude nobre, ele mostrou-se cansado de viver às sombras de seu avô. Ele é muito mais do que isso. Quem sabe isso não lhe renda alguns pontinhos com Owen, não é?

Little Grey e Mark mostraram que ainda possuem uma chama acesa dentro de si, belíssimas cenas, a química entre eles é excepcional. Quem sabe nesse final de temporada eles não voltem e façam a alegria de todos os fãs?

Mer teve uma entrevista com a assistente social que iria cuidar da adoção, o que no início pareceu insegurança e que estava levando tudo a perder, acabou se transformando num ponto mutio positivo, e tudo parecia correr bem para Grey... Até que, ao final, tivemos uma cena magnífica, com Cristina, April e Alex bebendo em um bar. Owen chega e recebe uma reação inesperada de Cristina. Mas talvez por se sentir esgotado, Alex dá com a língua nos dentes: Meredith modificou os estudos de Alzheimer.

E agora, Brasil? O que esperar do season finale? Qual vai ser a punição de Meredith? A adoção vai dar certo ou vai tudo por água abaixo? Será que nós vamos sobreviver ao que nos aguarda?

Não perca, a partir de amanhã, a “Semana Grey’s Anatomy”, aqui no Viciado em Série, em que vamos debater tudo sobre este tão aguardado final de temporada.
Tecnologia do Blogger.