The Killing: Review "A Soundless Echo" S01E04


Por @FabioLins_

4º dia de investigação e The Killing continua de forma brilhante prendendo a minha atenção. Nunca achei que gostaria de uma série tão morosa assim, mas isso é uma característica de The Killing, tão temida em outras séries e que caiu muito bem a ela. A história é muito bem contada e traz a todo momento a tensão sobre o assassinato de Rosie, mostrando todos os lados envolvidos.

"A Soundless Echo", voltamos a presenciar todo sofrimento e angústia dos pais de Rosie. Como a série é contada quase que em tempo real, natural vermos essa melancolia após 4 dias. Escolher caixão deve ser péssimo, ainda mais com aquele vendedor que parece que está vendendo uma peça de roupa. Mas triste foi vê-los assistindo as imagens das investigações do assassinato. Doeu de verdade. A polícia não precisaria mentir para eles. Ela sofreu e sofreu muito.


Sarah e Holder pressionam o ex-namorado de Rosie, mas não vão muito longe. Sinistro ouvirmos o cara dizer. "Vocês só tem isso"?. Que vontade de esmurrar aquele cara, juntamente com seu comparsa filhinho de papai. Os dois podem até não ter nada a ver com a morte, mas merecem ser punidos de alguma forma. Holder parece ter avançado e muito com as investigações no final do episódio, mas acho que o professor suspeito não é o assassino, mas que sabe de mais coisa, sabe. Aguardamos e veremos.

Na parte política do episódio, Richmond corre atrás para arrecadar fundos para sua campanha e acaba se decepcionando com seus colaboradores. Normal, devido a sua posição. O interessante foi descobrirmos que não despediu seu funcionário, e que está trabalhando para ele por debaixo dos panos. Essa foi boa, Richmond. O prefeito é que se cuide.

Semana que vem continuamos com as investigações. Parece que está perto a resolução, mas apenas parece. Passaram-se 4 dias e ainda teremos 9 pela frente. Muita sujeira ainda vai aparecer e eu não perco por esperar.

Tecnologia do Blogger.