Fringe: Review "Lysergic Acid Diethylamide" (LSD) S03E19

"Eu sabia que o cachorro não caçaria"
por @FabioLins_

Não sei mais qual adjetivo usar para descrever o que foi os episódios de Fringe. Quando eu acho que o episódio foi perfeito, vem outro ainda melhor. Que Olívia estaria de volta, isso era óbvio, mas a forma com que iam trazê-la de volta, era misteriosa. Conseguiram mais uma vez criar um episódio fabuloso.


Como nada em Fringe é simples, a resolução dessa trama não poderia ter sido diferente. Mas não houve quem ficou surpreendido comas as cenas de animação do episódio. Eu achei fantástico. Fringe não tem medo de se arriscar, e é por isso é uma das séries mais amadas da TV. Animação de

Com a aposentadoria de Leonard Nimoy, Fringe soube voltar com o personagem William Bell de forma magnífica. Primeiro encarando em Olívia e agora em forma de animação. Perfeito. William Bell é um baita personagem, que mesmo morto, é um dos destaques da temporada, graças a magnífica atuação de *Anna Torv e da excelente ideia dos produtores de acrescentar animação à série.

Walter, Peter e Bell entraram dentro da mente de Olívia para encontrá-la, após insucesso no laboratório. Nunca conseguiriam de outra forma. Usando uma tática "inception", conseguiram encontrar Olívia e trazê-la de volta, tendo que passar por cima de todo seu bloqueio mental, proposto pela própria Olívia. A resolução fez jus a qualidade do episódio, fazendo com que a própria Olívia fosse capaz de resolver essa situação bloqueando seu medo, trazendo Olívia de volta. Emocionante.

Peter se redimiu definitivamente com Olívia, ao olhar dentro dos olhos da "cópia" e não se enganar. "Até que em fim ein Peter?" Foi o que passou pela minha cabeça naquele momento. Depois desse episódio ficou claro que Peter não terá dúvidas sob qual Olívia escolher, mesmo tendo Falsolivia um filho teu.

William Bell e Walter em versão animada

William Bell morre novamente? Em Fringe nada é para sempre, mas parece que dessa vez, despedimos definitivamente do "mago". Detalhe para o super computador onde Bell hospedaria, com vários slots de memória.

Mas não poderia ter ido sem nos deixar um enigma. "Eu sabia que o cachorro não caçaria". What the hell ele quis dizer? Teorias mirabolantes estão sendo criadas mas acho que seremos surpreendidos novamente, porque Fringe, é Fringe.

Não dá pra termina esse review sem mencionar Phillip Broyles. O ponto cômico do episódio. Impagável. Muito engraçado assistirmos o chefe da divisão Fringe totalmente chapado por LSD, de forma acidental. Como Broyles não participou diretamente das ações no episódio, os produtores o encaixaram de forma esplêndida. Palmas para eles!

*Anna Torv merece pelo menos uma indicação ao Emmy desse ano. Será injusto se ela não estiver na lista.

Observador:

Observador em "Lysergic Acid Diethylamide"

Está cada vez mais difícil achar o Observador nos episódios. Confesso que tenho que pesquisar depois na internet para achá-lo. Dessa vez, torcia para que ele tivesse aparecido nos animes.

Glyphs Code: Fears

GlyphCode em "Lysergic Acid Diethylamide"

Totalmente relacionado ao episódio. Medos

Referência a Lost:

Aumentei ainda mais o meu amor por Fringe quando fez referência a minha série favorita. Bell em sua versão cartoon servindo Whisky. O famoso MacCutcheon Scotch, envelhecido 60 anos. Uma marca fictícia exibida na série Lost, famosa por ser favorita de Charles Widmore.

Reveja a cena.

Tecnologia do Blogger.