Previously on Off The Map...


Off The Map. A série que prometia ser uma mistura de Grey's Anatomy com Lost, chega a seu 9º e... Não empolga.

Não que a série seja ruim, mas Off The Map não é daquelas séries que te deixa ansioso para o próximo, principalmente devido a falta de Clifhangers. Demorou 5 episódios para aparecer um bom, e logo na sequência, já vieram com outro tão bom quanto, que prometia acrescentar vários assuntos curiosos para a trama, mas, não foi o que houve. Nos últimos episódios a série voltou a ser simples e sem empolgação nenhuma.

Os episódios praticamente não têm conexões. Se mudassem a ordem dos 10, não faria muito diferença. Não há uma trama/objetivo principal da temporada para que pudéssemos nos apegar. Uma clínica que está no meio do nada, onde falta tudo (mas não camisinha), onde três médicos voluntários vieram para ajudar, mas estão mais é se ajudando, tendo que superar traumas de suas vidas, mas por outro lado, complicando ainda mais, principalmente devido a seus relacionamentos amorosos e fracassados.

Então eu não devo assistir Off The Map?

Não diria isso. Os episódios em si são até interessantes. Os casos onde os médicos fazem de tudo pra salvar o paciente, com improvisações, dedicação e até arriscando suas vidas, fazem com que eu não largue a série agora. Alguns dramas pessoais dos personagens são até engraçados de se assistir, mas sem rumo algum, ressalto o romance da Dra. Ryan com Dr. Chefe Ben, personagens vividos por Rachelle Lefevre e Martin Henderson, que de certa forma é emocionante e está pendente a sua resolução, devido ao problema cardíaco da doutora, mas não me diga que esse é o cliffhanger da temporada se não eu suicido.

E por falar nesses dois atores, dois dos principais da série, já estão cotados para participar de um novo projeto da NBC, trazendo desconforto e desconfiança do público quanto a sua renovação, além de os números da audiência ajudar, pois tem média de apenas 5 milhões de espectadores.

A princípio, foram encomendados 13 episódios para primeira temporada, e faltando apenas 4, a ABC ainda não se pronunciou sobre o futuro de Off The Map.

Uma série estreante tem que vir com tudo em sua temporada de estreia e Off The Map está longe disso. Os episódios tem que serem bombásticos e pelo menos um bom cliffhanger para nos manter interessado na série. A série serve como um entretenimento momentâneo, começa, meio e fim em um episódio, unido com tramas pessoais desinteressante. Isso é Off The Map.

Se está assistindo a série, recomendo continuar para ver o que vai dar, mas se pretende começar, recomendo esperar o fim da temporada para fazer uma maratona, pois, se continuar assim, será uma perca de tempo pra você.

Espero que melhore. A série tem potencial para isso e eu confio em Shonda Rhimes.
Tecnologia do Blogger.