Previously on The Event...


Depois de um hiato de mais de 90 dias, The Event volta com episódio inédito e logo de cara, ocupando um espaço de duas horas na grade da NBC, que transmitiu na última segunda, 06 de Março, dois episódio seguidos. "And Then There Were More" e "Inostranka". 10º e 11º episódios da 1ª Temporada.

Como foi a volta de The Event? Continue lendo...


Acima das minhas expectativas. Confesso que andava de pé atrás com The Event, principalmente depois do péssimo episódio "Everything Will Change" antes de seu hiato, como podem ler no comentário do blog. Então resolvi acompanhar sua volta, e não arrependo nadinha disto.

Não há como negar que a história de The Event é super interessante. História alienígena é um gênero já de sucesso, mas nos 10 primeiros episódios, a série estava sempre com altos e baixos, desde seu sensacional "Piloto" cheio de mistérios e Cliffhangers, para episódios simplesmente medíocres.

Então para minha grata surpresa, os dois novos episódios exibidos, mantiveram o nível do piloto da série. Eletrizante do início ao fim, dosagem de suspense e expectativa. Inúmeras revelações importantes e outros mistérios acrescentados a trama. Enfim, terminou o drama familiar de Leila a procura de seu pai e de sua irmã, abrindo várias opções de novas histórias, sem falar de seu atrito/rompimento com Sean.


E quanto a parte mais interessante da série, que sem dúvida é a trama relacionada aos Ebes, os episódios não deixaram a desejar, mantendo o mesmo ritmo eletrizante de de suspense mencionado a cima, sem falar nos cliffhangers que acontecem praticamente de cena pra cena, pouco comum em série novatas que estão aparecendo, que precisam de 3/4/5 episódios para aparecer um. Não é Off The Map, No Ordinary Family, Havaii Five-0, Breakout Kings e entre outras.

Um elenco bom, forte e respeitável. Nesses dois últimos episódios, destaco como melhores performances, Blair Underwood que interpreta o presidente Elias, Clifton Collins Jr, o "bendito" Thomas e principalmente Zeljko Ivanek, que na minha opinião esteve sensacional interpretando Blake.

Ah então The Event está a mil maravilhas?

Não é bem assim também, não é gente! Claro que a série tem problemas e algumas más atuações, mas isso é típico de uma série que corre risco de cancelamento mesmo antes de estrear, sofrendo pressões por resultados e audiência o tempo todo. Mas considero defeitos corrigíveis e a maioria irrelevantes para o que é o mais importante. Nos entreter, encher nossas cabeças de curiosidade e de mistérios, fazendo com que não percamos um minuto se quer do episódio e contemos os dias da semana para o episódio seguinte.


Eu vejo isso tudo de The Event e estou satisfeito com o desenvolvimento da série. Precisa melhorar? Sempre. Mas se continuar assim, já está bom. Quem não vê dessa forma, porquê assiste? 12 episódios e continuam falando mal da série? Série ruim a gente não consegue assistir mais do que 3 episódios. Não entendo assistir 12 episódios, falar que a série é ruim, mas está curioso para seu final. Assume que gosta da série ou então larga e vai assistir outra coisa.
Tecnologia do Blogger.