Fringe: Review "Subject" S03E15


Falar o quê desse episódio de Fringe? Continue lendo...

Palavras serão ineficientes para expressar o que foi esse episódio "Subject 13". Uma salva de palmas seria mais adequado. Um poço de mistério! Fringe me lembra muito Lost em vários aspectos. Todo flash-back da série é fundamental para o entendimento, além de nos dar respostas, criam outras ainda mais instigantes. Referências a outras séries, como no caso desse, "Alias", mensagens escondidas em Glyph Code e ainda temos o observador, para que não desgrudemos um minuto se quer do episódio a sua procura. Sem falar na sua excelente trama, cada vez mais interessante e fascinante, acompanhada com a uma produção não menos competente. É uma série que dá pra debater, trocar opiniões e teorias. Isso é Fringe, isso é J.J.Abrams.

Voltamos ao início. Particularmente esperava muito por esse momento. Enfim descobrimos como foi a reação de Walternativo e sua esposa, logo após descobrirem que Peter foi sequestrado. Várias de nossas perguntas foram respondidas, principalmente a maneira com que Walternativo começou sua busca por Peter. Nada é inexplicável e a explicação caiu do céu para ele, ou melhor, veio do outro mundo.

Assistindo a uma promo do episódio, antes de sua exibição, já imaginava que Peter estaria tentando voltar para seu mundo devido as diferenças em seu novo mundo e principalmente em seus novos pais. Vejam abaixo:


Se confirmou, mas achava que a infância de seria retirado de sua memória, da mesma forma que aconteceu com Walter, fato que não se confirmou, mas ainda está em aberto. Alguma coisa aconteceu para que Peter e Olívia em sua fase adulta, não lembrassem de nada do que aconteceu, nem um do outro e principalmente de Walter. No fim do episódio, Peter aceita sua nova mãe e seu novo mundo, mas da "boca pra fora", simplesmente pelo fato de não conseguir um caminho real de volta. Essa resposta eu aguardo e tenho certeza que terei.

Walter e sua esposa estariam tentando enviar Peter de volta e não estavam conseguindo? Acredito que mais da parte de sua esposa, pois, duvido muito que Walter estava com isso em mente, depois de tudo que fez para ter seu filho de volta. A obsessão pelo garoto é tão real nos dias de hoje como no passado.

Adorável maltratada Olívia Dunham! Desde criança já sendo pressionada por todos os lados. O que é pior? Ser maltratada por seu padrasto ou ser cobaia de Walter? Difícil responder, mas pelo menos com Walter, o propósito era relevante e mesmo contudo, a garota se divertia muito e se não fosse por isso, não encontraria o amor de sua vida. Sensacional a cena onde ele ameaça aquele covarde. John Noble esteve esplêndido! Confira!


"Subject 13" vulgo Olívia Dunhan. A primeira a transparecer a habilidade de viajar entre os mundos. Claro que a perspicácia de Walter ajudou, mas a garota, desde cedo, é uma guerreira e sem ela, duvido que Walter acharia outra pessoa. Walter conseguiu achar o ponto exato para que pudesse exercer sua habilidade, mas que lucrou mesmo como vimos, foi Walternativo.

Definitivamente Olivia e Peter nasceram um para o outro e ficou claro que nenhuma "falsolivia" irá atrapalhar, mesmo estando grávida. É um sentimento verdadeiro, incomum e a primeira vista. Mas isso não foi a função de Olívia no episódio. Maltratada, humilhada, explorada e rejeitada, mas sempre com a garra e atitude que acostumamos a ver, já fazia parte de sua infância. Sem querer revelou a verdade para Walternativo, que tempos depois tentaria matá-la.

Enfim, depois de entrarmos na máquina do tempo e saciarmos com o passado de Fringe, tudo ficou mais claro, mais polêmico e mais excitante. Nada acontece sem motivo em Fringe e como disse Walternativo, "Nada é inexplicável, Elizabeth".

E o Emmy de melhor ator coadjuvante vai para JONH NOBLE!!! Não aceito outro resultado.

e no próximo episódio...

"Os"

"A equipe investiga um grupo de ladrões que é capaz de quebrar as leis da gravidade; Walter tenta adiar o dano que ele causou."

Vídeo Promocional:

Tecnologia do Blogger.