"The New Man in Charge" Análise final sobre Lost e suas últimas cenas inéditas


Após assistirmos "The New Man in Charge", epílogo de Lost, termina de forma oficial, mas, não irrevogável, a história de Lost. Quem me conhece, sabe tudo que penso sobre Lost, devido a tudo que escrevi no meu antigo blog dedicado a série. LostHome

Mas após as últimas revelações que vimos em "The New Man in Charge", me sinto obrigado a deixar a minha opinião final. Lost foi realmente sensacional.

Muito fãs (eu respeito a opinião de todos eles) estão desapontados com o final da série e também com o epílogo, justamente devido ao que Lost nos proporcionou, pois, como a falsa mãe de Jacob disse: "Cada pergunta levará as outras perguntas". 

Faltaram importantes mistérios a serem respondidos? Não. Os que ficaram são interpretativos e irrelevantes, mas como a expectativa foi muito grande pelo seu final e pelo seu epílogo bônus, a frustração tendeu-se a aumentar, pois, ficou com certeza, um gostinho de quero mais.

Lost caberia ainda, mais umas duas ou três temporadas se os produtores quisessem detalhar todos os passos dados pelos losties, inclusive no epílogo que caberia mostrar detalhes de como Ben, Walt e Hurley voltaram pra ilha; como Walt reencontrou com o espírito de seu pai e de certa forma liberando-o para a realidade paralela; sem falar de como Desmond teria saído da ilha; além de outras coisas.

Mas os produtores resolveram deixar para que imaginássemos tudo isso, pois, como sempre disseram: "Lost é uma história sobre as pessoas, Lost é baseado no amor e a realidade paralela foi criada para que eles tivessem um final feliz"

Sendo assim, Lost ficará guardado para sempre em meu coração como a melhor série de todos os tempos.

Quanto ao epílogo, houve um dilúvio de respostas e vou mencioná-las.

- O processo de envio de comida à ilha.
- O motivo dos pseudônimos de Pierre Chang.
- O motivo do esqueleto do urso polar achado pela equipe de Charlotte na Tunísia ter aparecido com um colar.
- O uso da sala 23 e o entendimento da relação entre Dharma e Jacob.
- A importância de Walt para a ilha, pois deduzimos que seu trabalho é ser guardião (Novo Jacob), além de "libertar" o espírito de seu pai, "Michael".
- O eletromagnetismo era de fato o grande vilão na questão da gravidez na ilha

Tecnologia do Blogger.