Prison Break - Em busca da Liberdade

Quem ainda não assistiu e pretende assistir, cuidado, pois, contém spoilers

"Prison Break". Série iniciada no ano de 2005 e encerrada em maio de 2009.

Eu era uma pessoa que não gostava de séries até conhecer "Lost". Fiquei fascinado por "Lost" e decidi acompanhar outras séries também, mas apenas quando "Lost" acabar pois meu tempo é bem curto.

"Prison Break" era exibida na mesma época de "Lost" e eu ouvia maravilhas sobre a série, mas eu resistia. "Vou esperar Lost terminar para começar a assistir outras séries e Prison Break será a primeira da Lista."
Enfim "Lost" acabou e eu fiz uma maratona "Prison Break" intensa. Em um mês assisti toda a temporada. Três a quatro episódios em média diariamente.
Então hoje dia 17 de Junho de 2010 terminei de assistir a série e vou escrever minha conclusão sobre a obra. Vamos lá então.

Adorei. Foi sensacional, emocionante, dramática. É claro que teve aqueles momentos de "me engana que eu gosto" ou "porque ele não matou aquele fdp" más é claro que é ficção, e por isso devemos relevar.
Um filme, uma série, ou melhor, tudo em nossa vida, só vale a pena se agente sentir emoção e Prison Break nos deu de sobra. Valeu a pena. Recomendo.

Arrependo de não ter assistido a série quando era exibida nos EUA, pois gosto de pesquisar sobre o capítulo mais afundo.

A série toca num ponto importante para relacionarmos com o mundo atual, pois, não dá para brigarmos com o poder governamental. Por mais que brigamos, reclamamos ou protestamos, o governo faz da gente o que eles querem. Aumentam preços e impostos quando querem, prendem inocentes e soltam corruptos o tempo todo e nós não sabemos a quem recorrer.

Na série um gênio chamado Michael Scofield, luta para tirar seu irmão Lincoln Burrows do corredor da morte, pois, foi colocado lá de forma inocente pelo governo, para que tal possa manter o objetivo de dominar o mundo através do derramamento de sangue de inocentes e enriquecimento ilícito.
Muita gente inocente morreu querendo derrubar o governo e a companhia que era responsável pela caça aos nossos heróis. Manipulavam, matavam, roubavam em busca do poder.
Mas a série nos mostrou que não morreram em vão. Cada um teve um final que mereceu e o fim dessa história justificou os meios.

Infelizmente, no fim, eles continuaram fugindo, pois como acontece conosco , o governo os traiu e continuaram perseguindo a única pessoa que tinha sido absorvida pelos seus crimes. Sara. Colocaram ela na prisão sofrendo ameaças de morte. Então não tiveram escolha. Tinham que fugir para sobreviverem, mas tiveram um final feliz.

Michael Scofield foi um verdadeiro herói e infelizmente teve que morrer para salvar a vida de sua esposa Sara e de seu filho, sacrificando sua própria vida. Sacrificando ou não ele teria morrido pois tinha um problema de saúde seríssimo.
Se fosse para mim escolher eu não gostaria que ele tivesse morrido, pois, seu sonho era viver feliz para sempre com sua família e não conseguiu.

Virou moda filmes e séries terem seus heróis morrendo no final. Eu odeio quando isso acontece independente se foi uma morte dígna. Herói tem que viver.

A série nos mostrou como é quase impossível lutar contra o poder, mas pelo menos em "Prison Break" eles venceram. A nossa luta continua. O Slogan era "Prison Break - Em busca da Liberdade" e eles conseguiram.
Tecnologia do Blogger.